segunda-feira, 11 de novembro de 2013


Antes da conclusão oficial do Ano da Fé, no dia de Cristo Rei, o Santo Padre visitará, no próximo dia 21, o Mosteiro de Clausura das monjas Camaldolenses, no bairro do Aventino, em Roma.

A vida contemplativa desenvolve-se em dois momentos: “Ora et laborat”. A união entre “ação e contemplação” é um dos pontos cardeais expressa pela nossa fé. No entanto, a contemplação não dispensa dos compromissos e das preocupações. Pelo contrário, ela dá sentido à nossa lida cotidiana.

Neste sentido, a Comunidade das Monjas de Camaldoli representa esta dimensão de modo peculiar: ela está aberta aos habitantes da Cidade Eterna, mediante o serviço do Ofício Divino e a assistência aos pobres, que levam a atingir seu objetivo principal: a contemplação e a partilha. Não é possível contemplar o rosto de Cristo sem reconhecê-lo no sofrimento dos mais necessitados.

Esta visita do Papa Francisco ao Mosteiro das Camaldolenses será uma das tantas atividades realizadas durante o Ano da Fé: um ano rico de graça, que se concluirá, no próximo dia 24, com uma solene celebração Eucarística, presidida pelo Santo Padre, na Praça São Pedro.

Neste contexto, o último gesto concreto do Ano da Fé culminará, pela primeira vez, com a exposição, no Vaticano, das relíquias atribuídas a São Pedro. A fé do Apóstolo, portanto, confirmará, mais uma vez, que a porta do encontro com Cristo está sempre aberta a todos.

Fonte: Site da Radio Vaticana.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Últimas Postagens