sexta-feira, 22 de novembro de 2013


No coração ressoa estas palavras da Mãe Santa Clara na alegria e ação de graças pela Profissão Solene e Perpétua de nossa querida Irmã Maria Clara de Jesus: “Agora, irmã e esposa do sumo Rei dos céus. Desejo-lhe as alegrias da salvação e o melhor que se possa desejar no autor da salvação... Tenho a maior alegria e transbordo com a maior exultação no Senhor ao saber que está cheia de vigor... Ouvi dizer e estou convencida de que você completa maravilhosamente o que falta em mim e nas outras Irmãs para seguir os passos de Jesus Cristo pobre e humilde. Eu me alegro de verdade, e ninguém vai poder roubar-me esta alegria... Eu a considero, num bom uso das palavras do Apóstolo, auxiliar do próprio Deus, sustentáculo dos membros vacilantes de seu corpo inefável” (3CtIn).

Domingo, dia 10 de novembro, o Santuário de Santa Clara estava repleto com a presença dos familiares, amigos, benfeitores e fiéis que conosco vieram render graças pela consagração definitiva de nossa querida Irmã Maria Clara e este momento se tornou ainda mais significativo, pelo fato dela ser em nossa Comunidade a primeira vocação da Diocese depois que Dom Mariano assumiu como Bispo e que a nossa Fundação ficou aos cuidados das Irmãs do Mosteiro de Caicó.

Assim, toda a Diocese estava em festa e voltada para o Santuário com transmissão ao vivo da FM Santa Clara e da Rádio Rural de Mossoró (rádio da Diocese). O canal de TV a cabo da nossa Cidade, a TCM gravou para depois apresentar em sua programação durante a semana e muitas pessoas depois nos procuraram para comentar que tinham visto ou ouvido, demonstrado a sua alegria e gratidão por tão singular dom na vida da Igreja em nossa Diocese.



Era visível a todos o contentamento e satisfação no rosto de nosso Bispo Dom Mariano, momento este que ele expressou por diversas vezes que fazia questão em presidir. Concelebraram com ele o Padre Sátiro (reitor do Santuário de Santa Clara), o Padre Valdeci (pároco de São Miguel-RN, Cidade natal de Irmã Clara), o Padre Crisanto (reitor do Seminário Santa Teresinha / Mossoró-RN), o Padre Jerônimo (reitor do Seminário Santo Cura d’Arns / Caicó-RN), o Padre Augusto (vice-reitor do Seminário Santa Teresinha / Mossoró-RN) e o Frei Edson, OFM (pároco do Alto da Conceição / Mossoró-RN).

Dom Mariano em sua homilia expressou a sua gratidão pela presença do nosso Mosteiro na Diocese: “para-raios”; presença orante que como Moisés no monte intercedia continuamente pelo Povo de Israel de braços erguidos. Salientou da “resposta de fé” dada pela Irmã Clara, pois “o mundo tenta abafar em nós a voz de Deus, mas há jovens que respondem ao mundo com uma resposta de fé. A Irmã Clara hoje oferece a sua vida para sempre. Responde ao mundo com a sua própria vida que a voz de Deus é mais forte. Responde que SÓ DEUS BASTA!”. Dirigindo-se a professanda disse: “A sua vida, Irmã Clara, e o seu testemunho invisível aqui no Mosteiro, é uma graça para nós” e dirigindo-se às Irmãs: “Esse Mosteiro são os braços que se levantam a Deus por nossa Diocese”.

O rito da Profissão transcorreu conforme o cerimonial, tendo como um dos momentos fortes a ladainha de todos os Santos onde a irmã se prostra no chão: despojamento, kênosis, minoridade, morte-vida... realidades e vivências que nos vem ao coração ao contemplar tão singular instante... quando os Santos e Santas são invocados pelo canto o Céu se abre e como a escada no sonho de Jacó, a comunicação é feita: a corte celeste, tendo à frente o Esposo, Sua Mãe e Rainha e os nossos Seráficos Pais Francisco e Clara. Eles descem para acolher tão nobre e bela oferta e levar ao Trono do Pai das misericórdias que se dignou escolher e chamar à vocação clariana.



Ao termino da celebração a neoprofessa recebeu os cumprimentos dos celebrantes, familiares, amigos e fieis no Santuário e depois se dirigiu ao locutório para a confraternização.

Vieram algumas irmãs do Mosteiro de Caicó, as queridas Irmã Maria Pacífica, Irmã Maria Christiana e Irmã Maria Fernanda que fraternalmente nos ajudaram nos preparativos e na celebração. Nossa gratidão à querida Madre Maria Amábilis e as Irmãs por sua generosidade para com a nossa Comunidade.



Estando sob as bênçãos do Ano da Fé agradecemos ao glorioso Pai de Cristo pelo imenso benefício da nossa vocação e ao contemplar o chamado e a vocação da nossa querida Irmã Clara brotam com fé e no júbilo do Coração de Maria, Mãe e Rainha nossa, como se fossem novas, mas sempre atuais as palavras da Mãe Santa Clara em seu Testamento: “Entre outros benefícios que temos recebido e ainda recebemos diariamente da generosidade do Pai de toda misericórdia e pelos quais mais temos que agradecer ao glorioso Pai de Cristo, está a nossa vocação que, quanto maior e mais perfeita, mais a Ele é devida. Por isso diz o Apóstolo: ‘Reconhece a tua vocação’(cf. 1Cor 1,26)”.


Em louvor de Cristo!
Amém.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.

Últimas Postagens